RASTROS E RESTOS

por Zé Ronconi

Nossa memória se constitui de inúmeros fragmentos formando o tecido de nossas vivências. Como um baú depositário de lembranças guardamos imagens de nossas experiências de vida.

Com este trabalho percorri lugares em busca destas imagens. Busquei registrar por meio da fotografia as manifestações de memória presentes nos ambientes de convívio dos descendentes de imigrantes italianos de Nova Veneza, SC. Fui em busca dos testemunhos de um passado que ainda vive, mesmo ressignificado, no presente destas pessoas.

Neles encontrei as casas, com seus ambientes de habitação, de trabalho, de convívio. Espaços que alimentaram projetos de vida, conquistas e frustrações. Lugares que reativam sonhos, poéticas, devaneios da nossa consciência subjetiva.

Por estas imagens busquei também reencontrar um eu, que reside imerso em laços afetivos interiorizados. Lugares de lembranças de um passado, de experiências vividas, especialmente na velha casa de meus avós maternos. Rastros e restos. Ausências e permanências.

 

Um confronto emocionado com marcas de infância, onde o que foi, o que não existe mais, ainda é.

Zé Ronconi é graduado em Arquitetura e Urbanismo pela UFSC com Especialização em Restauro pela UFPR. Fotógrafo autodidata, tem desenvolvido diversos trabalhos em fotografia de paisagem, eventos públicos e de pesquisa. Em 2017 participou como fotógrafo no livro “Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio – 50 anos”. Em 2020 foi contemplado como um dos 12 fotógrafos para participar do projeto Cartografias Catarinenses, coordenado pelo NEFA – Florianópolis e patrocinado pela Fundação Catarinense de Cultura dentro do Edital Elizabete Anderle.

 

instagram.com/joseluizronconi

facebook.com/joseluiz.ronconi

LOGO-VITRINE-BRANCA-peq.png